/, Cultura/Parabéns, Salvador. 462 anos de muita vida!

Parabéns, Salvador. 462 anos de muita vida!

Em 2001 encontrei um amigo, músico, no Aeroporto Antonio Carlos Jobim. Era Jarbas Bittencourt, na época, integrante da banda Confraria da Bazófia. Conversamos sobre o Rio de Janeiro,  o 11 de setembro (fato recém ocorrido), música, carnaval e Bahia. Ao chegarmos no Aeroporto Internacional 2 de Julho, na nossa capital, cantei uma frase da música da Timbalada que sempre canto ao pousar aqui. “Minha cidade é linda demais”! Jarbas me olhou sorrindo e disse: rapaz, toda vez que chego a Salvador, penso nessa música também.

É incrível o amor dos soteropolitanos por essa Terra. Uma cidade abençoada, não só por Deus, mas por todos os Orixás, também. Com problemas de ordem política, social, administrativa, infra-estrutura, urbanização, violência, entre outros. Mas que não trocamos por nenhuma outra, afinal, problemas esses mesmos problemas existem em qualquer outra grande cidade brasileira.

Certa vez critiquei a mediocridade do nosso prefeito. Chegava de São Paulo, onde a realidade é outra e lia nos principais jornais da minha Salvador, que o prefeito estava fazendo uma Cruzada contra os “mijões” das ruas. Patético, até porque foi ele mesmo quem retirou a maioria dos sanitários químicos espalhados pela cidade. Mas a culpa é dele, do prefeito, e não da minha Salvador. Não é justo culpar a mãe pela incompetência de um dos filhos…

Salvador completa 462 anos e continua jovem e linda. Ainda sem metrô, um caso de vergonha nacional, mas bem melhor que antes. A cidade cresce em ritmo acelerado desde a morte do “carlismos” há quase uma década. Na era João Henrique  a cidade ganhou três novos grandes shoppings, inúmeros novos condomínios, um PDDU às escuras,  cresceu para todos os lados e em breve, com o crescimento atual, deveremos chegar nas pedagiadas estradas rumo à Camaçari. Pedagiadas, quem diria que o governo do partido que criticava a privatização das estradas paulistas, iria privatizar às nossas…

Mas hoje é dia de festa, nesta terra festeira, de gente bonita, que dá nó em pingo d’ água, que agita, que agita… Parabéns, São Salvador. Bahia de São Salvador, a terra de Nosso Senhor, pedaço de terra que é meu! Uma das cidades mais desigual do mundo e ainda assim, amada pelos seus filhos e venerada pelos filhos das outras. Parabéns, Salvador. Primeira capital do país. Um país que nasceu aqui na Bahia, baiano como eu e lindo como a minha São Salvador.

Como presente segue um clipe feito por mim nas aulas de edição do curso.

Música:Dorival Caimmy
Interpretação: Gal Costa
Edição: Erick Cerqueira 🙂



By |2011-03-29T08:43:33+00:00março 29th, 2011|Atualidades, Cultura|

About the Author:

Publicitário, MBA em Gestão Esportiva, webdesigner, designer 3d, diagramador, cronista, baiano "workaholic" e pai de Thor Cerqueira. Colunista da Revista Sabiá (Portugal), possui textos publicados em sites como Observatório da Imprensa, Cidade Marketing, Feminino e Além, Página de Polícia, dentre outros.